03
jul

Como fazer fãs e influenciar consumidores

Como fazer fãs e influenciar consumidores

 

Cintia Goldenberg.
Cintia Goldenberg. Professora e Curadora do curso de Comunicação e Marketing para Negócios da Gastronomia, da EGG

Observar e se afinar em harmonia com o comportamento da clientela-alvo é fundamental para o nascimento e sobrevivência de um negócio da gastronomia. Neste artigo, Cíntia Goldenberg, professora do curso de Marketing para Restaurantes da EGG, enumera expectativas do consumidor atual e futuro em relação à alimentos e bebidas.

Entre 2004 e 2015, enquanto o McDonald’s seguia sua tradicional estratégia de marketing mão-pesada e bilionária, com spots em televisão, outdoors e cinemas, uma pequena cadeia de hambúrgueres dos EUA chamada Shake Shack passou mais de uma década com um orçamento de marketing inferior a um milhão de dólares por ano, mesmo durante seus momentos mais críticos de crescimento. Hoje a rede conta com 49 restaurantes em 13 países, suas ações são negociadas publicamente na bolsa de valores de Nova York e não há qualquer sinal de desaceleração de crescimento: desde sua oferta inicial de ações, em 2014, a marca triplicou sua receita, que à época já era de 120 milhões de dólares anuais. Tudo isso sem colocar lembrancinhas em caixas de lanches ou contratar funcionário s para se vestir de palhaço.

shake-shack-burger

Como? Ditando e seguindo tendências. A Shake Shack se posicionou como a rede de hambúrgueres dos millennials, inaugurando o termo “fast-casual”, um fast-food com que se afasta da imagem industrial e se associa ao bem-estar e um estilo de vida descolado. Seus hambúrgueres suculentos e com cores vivas, servidos em embalagens de papel abertas e dispostas em bandejas de cor neutra, são um convite ao Instagram. Seus restaurantes utilizam o sistema “grab and go” de serviço, em que o cliente faz o pedido e se desloca pela cidade carregando consigo a marca do estabelecimento. É um conceito construído com os dois pés firmemente posicionados no comportamento de jovens metropolitanos, fundação de uma marca que é abraçada e propagada pelos próprios consumidores.

Manter-se antenado ao comportamento atual e futuro é essencial para qualquer negócio, e mais ainda para empresas novas no mercado gastronômico. Para prosperar a médio e longo prazo, um restaurante precisa nascer fresco e acompanhar os caprichos das gerações atuais e futuras, driblando o envelhecimento da marca com movimentos rápidos e precisos que a colocam no centro da vida de seus consumidores.

Veja mais sobre o curso de Comunicação e Marketing para Negócios da Gastronomia em:
https://conteudo.negociosdagastronomia.com.br/comunicacao-e-marketing

– Próxima turma será extensiva de 06/08 a 29/08
– Condições especiais para alunos da EGG –
– Curso Presencial em São Paulo –
– Capacidade de 25 alunos –

Garanta a sua vaga!
Entre em contato com a gente nos números abaixo
(011) 4861-4077    (011) 9.4576-1531