Delivery – Qual é a importância dessa modalidade de serviço
para os restaurantes nesse momento?

O serviço de delivery se iniciou na década de 80 muito antes do mundo se digitalizar. O cliente encontrava o telefone do restaurante ou lanchonete nas listas telefônicas ou páginas amarelas para pedir sua pizza ou sanduíche que o entregador depois de um tempo chegava com seu pedido. No início desse século começaram as interações através de sites, podendo realizar os pedidos através deles e a partir de 2012 as coisas começaram a mudar, com o primeiro aplicativo de entregas do Brasil o “Pedidos Já¨.

Com as mudanças sociais gerando novos hábitos, por exemplo, menos tempo para cozinhar, o delivery teve um grande crescimento. A febre acabou virando costume do consumidor e hoje é possível ver o quanto esse formato é influenciador de mercado. Falando de febre, com a pandemia do Coronavírus, muitos estabelecimentos creem que o delivery talvez seja a solução, mas será que possuem a infraestrutura para atender a demanda?

Para os que apenas “namoravam” e agora estão adotando as entregas saibam que é um formato novo de venda, de interação com o cliente, de operação (a parte do salão) e estratégico. Para colocar tudo isso em prática é necessário planejamento e organização não só operacional, mas também financeira. E depois do isolamento social? Esse sistema continuará crescendo, pois, a volta dos clientes ao restaurante provavelmente será gradativa, o que fará com que o cumprimento com as normas sanitárias na hora de manipulação de alimentos e no atendimento sejam ainda mais importantes, tanto para o presencial quanto para as entregas.

Para saber mais sobre como planejar e implantar o delivery no seu restaurante fique ligado nas redes sociais da EGG ou clique aqui para saber mais sobre o nosso curso de Implantação e Gestão de Delivery.

CURSO: Gestão e Implantação de Delivery para Restaurantes

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *