Depois da reabertura, você foi para seu bar preferido?

Sim, ainda estamos no meio da pandemia. Talvez a pior já vista na história. Com certeza a pior que a minha geração já viu. (Toc, toc, toc. Batendo na madeira 3 vezes para não ter que viver o Covid-19 parte II). Mas essa semana bares e restaurantes começaram a reabrir. E após quase 4 meses sem frequentá-los, aproveitei esse momento para desfrutar de um dos maiores prazeres da vida.

Recomendo: saia de casa e vá já para o bar. Primeiro porque os bares precisam muito de seus clientes de volta. Um dos segmentos que mais sofreu com a pandemia, ficando mais de 100 dias de portas fechadas! Tendo que se reinventar da noite para o dia, que demitir muita gente e foi colocado de ponta cabeça e foi sacudido com força. Os bares precisam que você volte a frequentá-los!

Segundo porque todos os bares e restaurantes estão cumprindo à risca todos os protocolos de segurança. Esses locais estão seguros! Todos os cuidados de higiene, manipulação de alimentos e boas práticas que já existiam, foram reforçados e alcançaram os salões também.

Por fim, precisamos voltar a frequentá-los porque precisamos voltar a exercitar a nossa cidadania. A nossa capacidade de conviver em sociedade, respeitando o próximo.

Claro, ainda é estranho como cliente ter uma experiência com mesas distantes, garçons de máscaras e luvas, sorrisos escondidos ter sua temperatura medida e álcool gel nas mesas. A experiência é de fato bem menos agradável.

Mesmo com todas essas mudanças, frequentar Bares e Restaurantes nos ajudará a resgatar a nossa capacidade de conviver de forma harmônica, respeitando o espaço alheio. Coisa que perdemos por aqui de uns anos para cá.

Toda e qualquer sociedade desenvolvida começa com a premissa do respeito. Respeitar o espaço do outro, as escolhas, as opiniões, as preferências e opções. Sejam elas quais forem. Numa sociedade plenamente desenvolvida, antes de direitos, todos conhecem seus deveres. E agora é dever de todos frequentar nossos lugares preferidos seguindo e obedecendo os protocolos de segurança. Não apenas por nós, mas pelos outros.

Usar máscaras em locais públicos, lavar as mãos, cuidar de sua higiene e habituar-se a comer em mesas mais distantes é, antes demais nada, um ato de respeito aos que estão ao seu lado.

A vontade de nos livrar desse purgatório o mais rápido possível, é imensa. Assim como a vontade abraçar as pessoas que fomos privados de encontrar. Familiares e amigos. Ainda estamos em “hold”. Mas voltar a socializar em volta da mesa, com respeito ao próximo, é tudo o que precisamos nesse momento. Para quem sabe, e por que não, construirmos uma sociedade melhor, que poderemos nos orgulhar no futuro.

Os restaurantes precisam de nós e rápido. Voltemos rápido aos nossos bares e restaurantes preferidos. Para que eles sejam o trampolim para essa mudança de vida (e na sociedade), que tanto precisamos!

#emfrente!

Link da matéria: https://www.linkedin.com/pulse/j%25C3%25A1-para-o-bar-rodrigo-malfitani/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *