Novos caminhos…

Lá se vão 3 meses (ou mais) de pandemia, covid, quarentena… da noite para o dia o mundo mudou. Todo mundo, ou grande parte dele, se trancou e se isolou. Bares & Restaurantes foram fechados e passaram a funcionar somente com os anti sociais serviços de delivery ou take away. E após tanto tempo fechados, precisamos que eles voltem a cumprir com seu papel fundamental na sociedade.

Bares & Restaurantes têm função ativa na vida das pessoas! Bares & Restaurantes não foram feitos apenas para servir comida. Bares & Restaurantes foram feitos para restaurar, integrar, socializar e unir pessoas.

Não escolhemos Bares & Restaurantes apenas pela qualidade da sua comida, pelo serviço amigável ou pelo ambiente que nos acolhe. Escolhemos nossos Bares & Restaurantes preferidos pois, na maioria das vezes, são nesses locais que nos encontramos com amigos para relembrar as histórias do passado, onde saímos pela primeira vez com nossas namoradas e esposas, onde comemoramos datas especiais, onde celebramos vitórias do nosso time preferido, onde relaxamos do stress do dia a dia, onde nos conectamos com o lúdico e entramos num mundo paralelo.

É lá que alimentamos a nossa alma! Bares & Restaurantes são entidades vivas, é preciso senti-las! Seja ele um boteco pé sujo que serve cerveja estupidamente gelada ou algum petisco frito delicioso, ou um restaurante sofisticado com comida requintada e serviço impecável.

Boa comida e boa bebida conforta! Traz alegria e prazer! Há recomendações médicas sugerindo o consumo de uma dose de bebida ao dia. Não que eu beba todo dia. Mas na medida certa, beber nos deixa mais sociáveis. Quantas festas, eventos e encontros se tornaram melhores com a ajuda do nosso drink preferido? Precisamos de volta e rápido dessa dose com nossos amigos no bar!

Quantas amizades foram forjadas num bar? Quantas memórias foram cravadas aos goles de chopp gelado e caipirinhas? Acho que nenhuma amizade seria possível sem um bar no meio. Amizade sem bar é um paradoxo!

As refeições em família aos finais de semana com a família toda… Quantas memórias foram construídas nos almoços familiares? Aquela bagunça, crianças correndo pelo salão e aquela “zona” familiar enquanto o patriarca familiar sorria feliz com tudo aquilo? Tudo isso fica melhor num restaurante!

Bares & Restaurantes são sempre ou quase sempre, a primeira opção para socializarmos. É no bar que nos tornamos iguais. Não importa se temos mais ou menos dinheiro, se temos uma carreira de sucesso ou não. Se casamos ou não, se temos filhos ou não. No bar encontramos a nossa plena felicidade. No bar a única coisa que importa é ser feliz!

Nós seres humanos precisamos desses locais para nos conectarmos novamente e continuar o ciclo da vida. É da conexão que viemos e dela precisamos para seguir em frente. O tal novo (e chato!) normal, pede distanciamento, não permite toques e abraços, nos esconde o sorriso com máscaras… ok, tudo isso são medidas importantes e necessárias nesse momento. Mas qual a graça disso tudo? Qual a motivação para ir a um bar ou restaurante e se sentir isolado no meio do deserto?

O isolamento reforçou a tese que a felicidade está nas pequenas coisas. As pequenas coisas que nos foram tiradas com a pandemia. A liberdade de ir e vir, onde, quando e como quiser. Pois não há nada mais simples do que desfrutar de um copo de chopp gelado num bar.

Espero que Bares & Restaurantes encontrem seu caminho para sobreviver à crise. Pois eles são fundamentais na vida dos seres humanos! Para que voltemos a socializar o mais rápido possível de novo. Pois o que a gente precisa MESMO, é do nosso velho normal de volta!

#emfrente!

Link do texto: https://www.linkedin.com/pulse/o-novo-velho-normal-rodrigo-malfitani/

Se você quer conhecer mais sobre os bastidores da gestão de bares acesse a página do nosso curso de Gestão de Bar. Estamos buscando o melhor conteúdo com os profissionais mais respeitados do mercado de Bares e Restaurantes para trazer soluções para esse momento de reestruturação.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *